Que tal aproveitar o novo ano para elaborar seu plano de carreira?

Um novo ano faz a gente pensar em quais atitudes podemos tomar para melhorar nossa vida pessoal e profissional, certo? Nesse sentido, por que não aproveitar para montar seu plano de carreira e começar 2023 com uma rota certa para seguir?

O planejamento da sua trajetória profissional funciona como um verdadeiro guia, apontando quais caminhos você deve seguir para conquistar seus objetivos. E você pode dar início à elaboração desse plano a qualquer momento, até mesmo se ainda não terminou sua graduação.

Isso mesmo! Muita gente pensa que plano de carreira é coisa de quem já está inserido no mercado de trabalho e acaba não pensando nesse assunto.

E aí? Quer entender a importância de ter um plano de carreira e dicas de como montar o seu? Confira o artigo a seguir!

Por que fazer um planejamento de carreira?

Ao longo da sua vida profissional você vai se deparar com situações que vão exigir fazer escolhas, por isso, para seguir um caminho que faça sentido para o que você almeja, é preciso fazer um planejamento.

E é nesse ponto que entra o plano de carreira, um mapa estruturado que permite criar uma rota para você seguir a partir dos seus objetivos.

Isso porque a trajetória que deve ser percorrida por quem sonha em trabalhar em uma multinacional vai ser bastante diferente daquela de quem quer empreender ou do profissional que sonha em conquistar um cargo público.

Dessa forma, ao fazer um planejamento, é possível elencar quais ações devem ser colocadas em prática de acordo com o que você deseja para sua carreira.

Se você ainda está na faculdade, pode começar a esboçar seu plano de carreira, pensando no que deve fazer nos próximos dois anos, por exemplo. Com isso, pode focar em procurar estágio em um determinado tipo de empresa, em fazer uma aula optativa, ou em pegar firme em cursos e apps de idioma para dominar uma segunda língua.

Vale ressaltar que estamos nos referindo a um planejamento pessoal de carreira, que difere bastante do plano de carreira das empresas. O segundo, também chamado de plano de cargos e salários, é diferente, pois é um modelo que as organizações criam para seus colaboradores, visando ao seu desenvolvimento profissional.

Assim, os profissionais sabem o que é esperado deles para que possam subir de cargo na empresa.

Como montar um plano de carreira?

Mas, afinal, como elaborar o plano de carreira pessoal? A dica é separar um tempo para focar nessa tarefa, que exige bastante reflexão acerca do que você realmente quer para o seu futuro profissional.

Acompanhe a seguir o passo a passo para fazer seu mapa de carreira!

Reflita sobre o que deseja para sua vida profissional

O primeiro aspecto é passar para o papel (ou para a tela do computador) seus anseios em relação a sua carreira. Nessa hora, é preciso responder a uma série de perguntas, como:

  • onde você deseja estar profissionalmente daqui 1, 3 ou 5 anos?
  • o que você gosta de fazer no trabalho?
  • o que você não gosta de fazer no trabalho?
  • quais são seus pontos fortes e fracos?
  • em qual tipo de empresa você sonha em trabalhar?
  • qual emprego deixaria você feliz?
  • quais profissionais te inspiram?

Pode parecer que são perguntas aleatórias, mas, na verdade, elas proporcionam um exercício de autoconhecimento, a fim de entender qual trabalho pode trazer a realização pessoal e profissional para você.

Nesse ponto do plano, as ideias ainda estarão soltas, mas, no passo seguinte, você poderá encadeá-las para estruturar seu guia de carreira.

Liste seus objetivos

A partir das reflexões feitas, você pode listar quais são seus objetivos de carreira. Nessa hora, estamos falando de planos concretos, como trabalhar na empresa X, subir de cargo, ser um nômade digital, começar uma startup, passar em um concurso público, entre outros.

Defina as ações práticas

Com seus objetivos definidos, é preciso pensar: o que você deve fazer para conquistá-los? Se você deseja trabalhar na empresa X, dificilmente conseguirá ser selecionado para uma vaga de uma semana para a outra. Ou seja, é preciso se preparar.

Então, elenque quais são as ações que você precisa pôr em prática para chegar ao que deseja. Aqui entramos no campo de definição de metas. Por exemplo: para se preparar para o processo seletivo da empresa X, você precisa:

  • ter um MBA em determinada área;
  • dominar espanhol;
  • aprender sobre a tecnologia Y;
  • saber falar em público.

Cada um desses itens são as metas que você precisa conquistar, mas, para que elas possam ser, de fato, cumpridas, precisam ser realistas e terem um prazo para sua realização. Com isso, você consegue se programar para ficar mais próximo de alcançar seu objetivo.

Quando traçamos metas que estejam muito fora da nossa realidade, dificilmente elas serão cumpridas, o que gera frustração e acaba bagunçando todo o seu plano de carreira.

Agora, pelo contrário, quando você, aos poucos, vai conquistando o que foi traçado, ganha motivação e se empenha ainda mais para chegar perto dos seus anseios profissionais.

Revise de tempos em tempos o que foi traçado

Na medida em que vamos nos desenvolvendo profissionalmente, é possível que nossos objetivos profissionais não sejam os mesmos de antes. Há ainda aspectos ligados à nossa vida pessoal, bem como tendências do mercado que podem mudar a nossa rota de carreira.

Então, não é porque você fez seu plano de carreira há alguns anos que ele não possa ser modificado. A dica é ter esse guia sempre com você para aproveitar as oportunidades que façam mais sentido para sua vida profissional, mas também saber quando é hora de reformulá-lo.

Por isso, mantenha o seu mapa de carreira sempre atualizado para que você consiga se organizar para correr atrás das suas metas e alcançar seu sucesso profissional.

Ter um plano de carreira não significa que não poderão ocorrer erros no percurso, mas esse momento de reflexão e o fato de anotar suas escolhas, feitas de maneira mais consciente, farão a diferença no momento de fazer futuras pequenas e grandes decisões.

2023 pode ser o ano para você brilhar no trabalho! Para isso, elabore o seu plano de carreira para que possa percorrer seu caminho profissional com estratégia, ou seja, tomando as melhores decisões para conquistar seus objetivos.

Motive seus colegas a também aproveitarem o novo ano para montar um planejamento de carreira: compartilhe este artigo em suas redes sociais!

Aproveite e leia outros artigos publicados aqui no blog da PUC Carreiras, acessando a categoria Carreira e Empregabilidade.

Referência:
Guia de orientação profissional e gestão de carreira para o ingresso no mundo do trabalho