É papel do gestor entender os diferentes perfis comportamentais e saber identificar suas principais características nos profissionais de sua equipe e onde cada um tem mais chances de se destacar.

Conheça os principais tipos de perfis comportamentais

Para que sua equipe tenha sucesso e revele talentos para a empresa, é necessário entender as individualidades de cada um e garantir que cada funcionário tenha as competências que o cargo exige. Para isso, estudar os perfis comportamentais pode revelar as qualidades do seu quadro e, com isso, definir as atividades em que todos poderão apresentar um desempenho melhor.

É importante entender que não existe perfil errado ou perfil melhor que outro, cada um apresenta habilidades diferentes e cabe ao gestor entender onde aquele profissional tem mais chances de se destacar. A seguir, iremos apresentar alguns perfis que são utilizados nos processos de gestão, mostrando suas principais características e como identificar cada um deles em sua equipe.

Comunicador

Esse perfil é extremamente carismático, empático e persuasivo. São indivíduos que costumam marcar presença no ambiente e influenciar seus colegas de trabalho. Sua capacidade de dialogar é usada para unir e apaziguar conflitos na equipe, por isso, costuma ser bem respeitados por todos. Esse perfil deixa o clima na empresa mais leve e mais agradável de se trabalhar.

Por outro lado, o profissional com essa característica tem dificuldades de seguir cronogramas, planejar projetos e analisar resultados. Seu valor na equipe se dá pela sua criatividade, e a falta de pessoas comunicadoras pode fazer um time ficar desestimulado e ter dificuldade com o fluxo de informações para os demais setores. Assim, esse perfil é importante para dar visibilidade à equipe para o restante da empresa.

Analista

Já o perfil analista é extremamente organizado, conservador e detalhista. São profissionais excelentes em mapear, organizar fluxos de entregas e controlar atividades de rotina e processos que precisam ser executados diariamente. É um perfil muito técnico, por isso, muito recomendado para pesquisas e áreas do conhecimento. Entretanto, essas pessoas podem ter dificuldades para tomar decisões e se impor em uma equipe.

Planejador

Esse é mais um dos perfis comportamentais usados em processos de gestão. O profissional planejador costuma ser conservador e estável. São pessoas calmas, sem dificuldades de convivência e com um grande senso de justiça.

São indivíduos meticulosos e planejam seus projetos com muita antecedência, e isso traz um alto grau de confiabilidade em suas entregas, com poucas chances de imprevistos. Contudo, eles não possuem muito senso de urgência. A necessidade de planejar detalhadamente suas atividades faz com que eles tenham dificuldades de improvisar e costumam ser bastante pessimistas também.

Executor

Esse último perfil costuma ser bastante competitivo e adora um desafio. Pessoas com essa característica não medem esforços para realizar uma entrega, superam obstáculos e gostam de deixar sua marca no trabalho. Suas qualidades são: foco, determinação e autoconfiança.

É um perfil que dificilmente desiste, porém, uma equipe só com pessoas executoras pode se tornar um ambiente muito competitivo e pouco unido, além de serem autoritários, devido à falta de limites para conquistar seus objetivos.

Todo perfil possui defeitos e qualidades. Para que uma equipe seja produtiva e entregue bons resultados, é importante que um gestor identifique esses perfis comportamentais e equilibre seu time com a maior diversidade de características.

É importante também que o RH da empresa faça testes para identificar o perfil de cada um e definir se ele é compatível com as exigências dos respectivos cargos.